terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Diário do bebê: Segundo mês


  Segundo mês do Eduardo


Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Meuuu Deus como os bebês crescem rápido.
No segundo mês de vida meu filho esta pesando 6,535 e 60 cm de altura.
É uma delicia acompanhar o desenvolvimento dele tanto físico como mental. Fico pensando como Deus é maravilhoso e faz as coisas perfeitas, adoro admirar meu bebê e agradeço tanto a Deus pela vida dele.

As coisas mudam em tão pouco tempo

Com dois meses não tenho mais um bebezinho ele não gosta de ficar deitado no colo, só quer ficar de pé. E aí se a gente não faz a vontade do belezinha, desse tamainho já manda em todos de casa.
O Edu adora conversar, resmunga bastante, temos altos papos, seus assuntos favoritos são sobre ANGUS e ANGUIIIS kkkk, é uma graça, me divirto bastante.
Ele já reconhece a mamãe dele e da um sorriso tão gostoso quando me vê.
Agora tem pouca cólicas graças a Deus, e dorme  quase a noite inteira, acorda uma vez ou outra pra mamar mas logo volta ao soninho.
Durante o dia mama bastante, o que resulta nas dobrinhas na coxa do gordinho.
Fralda já está usando M, e as roupinhas tirei três sacolas das que já não serviam. Varia do tamanho das roupas, mas no geral uso mais M nele para ficar mais a vontade e confortável.

Teve dias tristes...

Esse mês teve uns dias de tortura, devido as vacinas de Pentavalente brasileira (DTP+Hib+ hepatite B) pólio inativada/ Rotavírus monovalente/ Pneumocócica conjugada.
Foi tão triste nesse dia ele chorou bastante, meu coração ficava apertado doia em mim também cada agulhada que ele levava, mas eu sabia que era para o bem dele.
 Depois disso ele ficou bem manhosinho, teve febre em seguida, toda vez que ele dormia acredito a dor voltava ou efeito do remédio passava e ele abria os bracinhos com o susto e chorava um monte. Ou quando ele tava alegrinho não parava com as perninhas, ai vinha a dor e logo muito choro junto.
Ainda bem que meus pais me ajudava no revezamento do colo, porque ele queria ficar grudadinho com a gente todo tempo.
Para a febre o médico receitou paracetamol, e dei também banhos mais fresquinhos.Durou uns dois dias.
Uma outra novidade que marcou esse segundo mês é que agora o bebê já não tem mais medo do banho. É só dar um banho, um pouco de mama e pronto já da um coxilinho básico.
Agora só esperar as próximas novidades, acompanhem comigo o diário do meu bebê.
Primeiro mês e a continuação.

Diário do bebê: Primeiro mês
Continuação do diário do bebê

Nenhum comentário:

Postar um comentário