terça-feira, 29 de novembro de 2016

Mude o foco


Mudança de planos, escolhi ser feliz!

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje vou falar do lado emocional.
gravidez é um momento especial na vida da mulher, são tantas mudanças, novidades e afins. Tanto por fora como por .dentro, nossos hormônios todos bagunçados, cheio de altos e baixos.
Dentro dessas mudanças nada mais justo que o pessoal ao nosso redor entender que não é fácil.
O grande problema é que as pessoas não se colocam no lugar das outras, só pensam em si e em julgar os demais.



Na minha gravidez, eu tentava não demonstrar o que se passava comigo, principalmente nesses picos de tristezas.

Que eram tantas...

Eu tinha que suportar a falta de apoio da pessoa que é o pai do meu filho. Toda dramatização que ele fazia (drama de que playboy teria que parar um pouco com a vida bandida pra ter responsabilidades, ó vida difícil, mas só na teoria que aconteceu)
Tinha que suportar a cobranças dos meus pais, perguntas de casamento, status  e ainda tinha que dar desculpas esfarrapadas para encobrir o sumiço da pessoa várias vezes, enquanto ele tava na farra, pinga e foguete.
Afinal é a vida da mulher que muda, ela está com bebê na barriga, não tem como ficar saindo assim como se nada tivesse acontecido, agora aos homens sem sentimentos tem como proceder a vida normalmente.
Tinha que suportar meu patrão na época me enchendo o saco e me julgando sem parar. O preconceito de todo mundo e sem falar da cobrança interna que auto fazia (acredito ser a pior). E isso tudo é ampliado devido aos hormônios.
Gente do céu, foi uma conspiração negativa que Deus nos livre!
Mas mesmo em situações ruins, não devemos perder as esperanças porque dias melhores sempre chegam.
Quando achamos que estamos fracos, na verdade estamos nos tornando mais fortes.
Isso serve como lição, molda nosso caráter, além de fazer darmos muito mais valor aos dias de alegria.
Nesses momentos não podemos nos entregar e sim criar estratégias para superar.

Mas o que fazer então?

Ter um amigo ou amiga em que você possa confiar, desabafar com ele, despejar tudo que você está sentindo. Compartilhando a tristeza ela irá diminuir a carga.
Infelizmente hoje em dia é difícil ter um amigo disponível assim não é?
Eu recomendo Jesus, Ele sempre está disponível para nós, para nos ouvir, nos confortar e a paz espiritual vinda dEle é sem igual, renova as forças e brota no nosso íntimo CORAGEM.
Quando parece que está pesado demais, que não vou conseguir, Jesus sempre me ajuda!
Depois disso comecei a não me importar. Não dei importância para falta de interesse e falta de respeito alheio.
Deixei de dar importância para coisas chatas, mudei o foco. E aqui está a questão, MUDAR O FOCO.
Pare de valorizar coisas chatas, foque em coisas boas, pense em coisas boas!
Eu por exemplo comecei a dar mais valor pra quem eu estava gerando, conversando com meu bebê, imaginando ele, cuidando da minha saúde, bem-estar, fazendo coisas que gosto. Isso se tornou um hábito.

Claro que coisas ruins ainda acontecem, mas agora já sei como lidar e isso não me afeta tanto, pois tenho a certeza que tudo ficará bem. Deus está sob o controle e tudo coopera para o bem daqueles que o amam.
Você também poderá vencer, apenas MUDE O FOCO!


Até o próximo, grande beijo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário